Poiesis televisiva

Motivados pelo anúncio do BBB 13, resolvemos fazer a nossa parte e tentamos promover uma tradução intersemiótica, segundo a teoria de Julio Plaza, para homenagear nossa três vezes heróica cidade de Vera Cruz programação televisiva:

 

À televisão

Teu boletim metereológico
me diz aqui e agora
se chove ou se faz sol.
Para que ir lá fora?

A comida suculenta
que pões à minha frente
como-a toda com os olhos.
Aposentei os dentes.

Nos dramalhões que encenas
há tamanho poder
de vida que eu próprio
nem me canso em viver.

Guerra, sexo, esporte
– me dás tudo, tudo.
Vou pregar minha porta:
já não preciso do mundo.

José Paulo Paes – Prosas seguidas de Odes Mínimas.

 

Nosso cotejamento tradutório intersemiótico:

 

 

Se poesia “é o que se perde na tradução”, entre mortos e feridos salvaram-se todos.
Salvaram-se?

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s