Hadouken Aleluia

O que resulta do cruzamento entre as vertentes neopentecostais e Street Fighter?

Maranata wins!

.

Nas entrelinhas: e o Akuma, fica sendo as possessões demoníacas? Misericórdia.

Adendo ao Apocalipse

Em virtude de inúmeras tragédias já ocorridas e, em especial, da aproximação iminente de determinados eventos de proporção catastrófica, sugerimos a revisão escatológica, à luz da exegese, da profecia contida em Apocalipse 6:1-8: ao que tudo indica, ao invés de quatro, são cinco os cavaleiros do Apocalipse.


_____________Entenda a justificativa profética aqui.

O quinto cavaleiro, por sinal, veste um abadá e traz nas mãos um cd do LevaNóiz. Oremos.

(sugestão de um dos nossos, digamos, ombudsman).

#penitências

Nada melhor do que o início da quaresma para levar aos corações cristãos um pouco de desapego e de renúncia a, digamos, certas vaidades:

Quem vê rápido pensa que é um flyer de alguma festa da Up. Indício de desengano, diria padre Antônio Vieira – o que já seria um bom sinal.

Créditos para Felipe Tofani, uma dessas mentes interessantes que existem por aí. Conheça e aprecie o trabalho dele.

#fimdostempos

“E eis que venho sem demora, e comigo está o galardão que tenho para retribuir a cada um segundo as suas obras” (Ap 22.12).

Ou, em outras palavras:

Profecias do Apocalipse via twitter: é, Jesus está voltando.

Crime e castigo

Não é de se estranhar por que tantos dogmas – para não se dizer toda a moral católica apostólica romana – estão sustentados pela noção de culpa. O pecado como infração moral/espiritual deve imputar ao indivíduo tamanho remorso e auto-punição que o constrangimento causado pela culpa o oriente à confissão e a remissão dos erros. O resultado acaba sendo ou uma subserviência a Deus mais por medo do que por alvedrio,

ou um trauma irreversível por toda a vida.

Acho que já passou da hora de se convocar um Concílio Vaticano III. Eis a prova cabal do que as atuais diretrizes do catecismo estão fazendo com as crianças: promovendo crises existenciais que só deveriam aparecer na puberdade.

Sugestão da nossa leitora Manu, um desses espíritos-livres nietzscheanos libertos desse dialética maniqueísta católica.

Sincretismo

Cristãos deveriam crer no princípio espírita da reencarnação:

Se esse não é padre Antônio Vieira – pelo menos argumentativamente falando, claro…

Inri e as leis

Conhece aquele versículo bíblico que diz: “Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós, me odiou a mim. Vos hão-de prender e perseguir, entregando-vos às sinagogas e aos cárceres, e conduzindo-vos à presença de reis e governadores, por causa do meu nome.”?

Pois é. Parece que a mais de 2000 anos o grande inimigo de Cristo é o sistema judiciário e penal do mundo.  Sejam fariseus ou juízes (a diferença é mínima, ad literam), o que vem mudando é só a pena. No mínimo é incoerente enquadrar o Filho do Homem, injustamente designado com “sem Pátria” e “sem filiação”,  no art. 288 do C.P.B – incitação ao crime contra a paz pública.

Mais incoerente ainda foi o perito que ajudou a lavrar a ficha carcerária de Inri Cristo, que muito displicentemente afirmou que Ele não possuía marcas nem cicatrizes. Ao que tudo indica, o tal perito se chamava Tomé, afirmam as fontes extraoficiais.

Prendem Cristo mas não prendem o Maluf: Aba Pai.