Balanço Inquisitório

Nosso estimado Johann Tetzel concluiu o  levantamento estatístico deste blog em 2011. Mesmo com a iminência de um processo jurídico, ironicamente movido pelos jasmins que enfeitam a faculdade, entre mortos e feridos queimaram-se todos. Na fogueira, diga-se de passagem.

Clique aqui para massagear o ego das pessoas que publicam aqui ver o relatório completo

Anúncios

#euamoomeuprefeitoradicalmente

Os últimos fôlegos de 2010 não poderiam ser mais surpreendentes:

A fórmula da aprovação? Não promover a expansão do metrô, contornando o problema por meio de acordos com empresários das linhas de ônibus; dobrar o preço do restaurante popular; cancelar o FIT e apresentações culturais na Praça da Estação, sendo obrigado a reconsiderar a medida, e diminur a verba da educação para usar em campanhas educativas-publicitárias.

Adeus ano velho, feliz ano novo. Eu amo BH radicalmente ou nós vamos ganhar e vamos chutar a bunda deles?