Exegese Financeira

Muito se tem comentado – e não é de hoje – do enriquecimento ilícito charlatanismo má fé aconselhamento teológico sobre o dízimo e as ofertas nas igrejas evangélicas. Seja por meio da vassoura ungida, da fronha abençoada, da pulserinha de Jeová Jiré, da água do rio Jordão ou, em uma proposta que difere desses novos tipos de indulgência, vulgarmente chamada de “fé materializada”, na campanha para atingir um milhão de reais de almas, todos os que desconhecem os verdadeiros princípios bíblicos sobre a lei da semeadura e da colheita  insistem em dizer que tudo isso não passa de oportunismo. E dos grandes.

 

No entanto, para desespero dos anti-IURD, dos antivaldomirosantos e dos antimikemurdock, existe uma lógica nas Sagradas Escrituras, digna de um silogismo vieiriano, que sustenta toda essa lavagem de dinheiro exploração puta falta de sacanagem cristã prática dizimista. Acompanhemos:

Exegese 1

 

Sabendo que o céu é o lugar dos tesouros, o bom Jesus nos aconselha:

Exegese 2

 

Logo, se o céu é o lugar dos tesouros, e prioritariamente o primeiro a ser buscado, como de fato é a Nova Jerusalém e o  que devemos desejar do Reino de Deus que nos é prometido?

Exegese 3

 

Entenderam? Não há nada mais cristão do que enriquecer aqui e antecipar o Reino de Deus na terra. Fazendo o câmbio divino, é só trocar o correspondente em jaspe, safira, calcedônia e esmeralda por grandes fazendas, aviões particulares, carros luxuosos e/ou templos megalomaníacos (ainda que, por enquanto, só os pastores usufruam disso – afinal, o leite e o mel de Canaã não são para todo mundo).

 

Taí uma verdade bíblica inquestionável, quase tão válida quanto a profecia do dá ou desce.

Palavra da salvação.

+

Da não vidência jornalística

Se depender da boa vontade e do interesse jornalístico, acreditem, 2013 vai ser muito, muito qualquer coisa.

Frente a um novo ano de múltiplos anseios e expectativas, eis que surge Sonia Racy, na companhia de um babalorixá, um astrólogo e um tarólogo (leia-se uma trinca oracular equivalente a um Google mediúnico) e, na possibilidade de perguntar uma dúzia de questões relevantes (a julgar também a relevância para quem se pergunta, claro), indaga exatamente isto:

 

2013 a

2013 b

2013 c

 

Depois reclamam que as previsões de ano novo são sempre vagas e nebulosas. Também, o que esperar de alguém cujo nome é praticamente um anagrama perfeito de icarianos?

 

Não querendo desbancar o palpite de ninguém, mas já antecipando o ano e dando as nossas respostas:

1. estamos no aguardo de como os EUA vão animar o mundo. Brincando de coelhinho-sai-do-abismo é que não vai ser.

2. estrear bem? Vejamos a lista de convidados para a cerimônia de posse…

3. claro, Vale a Pena Ver de Novo chega logo, logo.

+

Pirandellismos

Você tenta compreender a  tensão entre o real, o verossímil e o fictício instituída no texto literário; você analisa os impasses entre a mímese aristotélica, a mímese platônica e  o conceito de imitatio a fim de confrontá-los com a definição de diegese, se valendo até mesmo dos estudos de Erich Auerbach e de René Girard  para obter maior respaldo teórico; você lê Seis personagens à procura de um autor, de Luigi Pirandello, de modo a não deixar passar nenhuma brecha que evidencie a  construção crítica do simulacro no jogo teatral e o rompimento das estruturas representacionais no palco à italiana; você faz tudo isso para, um dia, se deparar com a notícia abaixo e pensar:

– Foda-se.

.

Afinal, “quem é melhor para representar eu a não ser eu mesma?, dizia a Enteada.” E quem melhor do que Geisy Arruda para promover um colapso em Pirandello?

Ainda é extraoficial mas, em função da notícia, alguns médiuns já afirmaram ter ouvido Brecht pedindo insistentemente para reconstruírem a quarta parede. E rápido.

Jogo dos sete erros


Naka,  província de Ibaraki: uma rodovia é destruída pelo terremoto de magnitude 8,9 que atingiu a costa nordeste do Japão, no dia 11 de março. Apenas seis dias após o terremoto, a rodovia foi reconstruída.

.

Sabará, região metropolitana de Belo Horizonte:  a ponte sobre o Rio das Velhas, na BR-381, é totalmente interditada em função de rachaduras e de um desnível acentuado causado por um afundamento de parte da estrutura de sustentação. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) prevê a liberação do tráfego para veículos através de duas pontes metálicas provisórias ainda para a primeira quinzena de maio; as obras de fundação da nova e definitiva ponte podem durar até a primeira quinzena de novembro.

.

O que a falta de um terremoto moral não faz. Afinal, cada país tem a placa tectônica que merece.

Dicionário ilustrado de expressões políticas

“nepotismo”:

Independente do contexto, pode ser empregado como sinônimo de valor tautológico para “ações de gabinete”. Sobre as contratações, a assessoria de Tiririca justificou que os deputados precisam de funcionários que entendem das suas áreas de atuação. Nas entrelinhas: ser político e ser humorista nunca foram coisas tão indistintas.

Ao menos, parece que Tiririca já sabe muito bem o que um deputado federal faz.

Dicionário ilustrado de expressões da História da Arte

vanguarda“:

Ainda que seja a vanguarda de um século atrás, enfim – pode ser empregada como sinônimo de “vale tudo” ou como eufemismo para expressões como “a culpa é sua por não entender o que eu estou fazendo”, “liberdade para o processo criativo”, “quando a trangressão da tradição se torna a tradição da trangressão” ou ainda “viva o legado da pós-modernidade”.

Plim-Plim

Gostaríamos de saber por que em Passione o personagem Fred, interpretado por Reynaldo Gianecchini, foi detido e preso em outro país.

Porque a se julgar pela organização e limpeza da cadeia nas imagens, ou é óbvio que não se trata do sistema carcerário brasileiro, ou se trata de mais um daqueles truques de cenografia nos quais tudo é  fictício e qualquer semelhança com a realidade terá sido mera coincidência, ou definitivamente a Vênus Platinada é a única a cumprir o art.1 da lei 7.210 – ainda que à base de factóides, claro.