Fucking Copa

Enquanto pensávamos até que ponto a realização da copa do mundo iria foder a nossa vida… RÁ! eis que surge a piada pronta:

 

Fucking Copa

 

Nada mais justo do que uma profissional do sexo exigir o seu direito de ser poliglota, embora deveria haver uma campanha de cunho nacionalista defendendo o “vai, painho!” ao invés do “fuck me, daddy”: entre tantas ações governamentais não muito, digamos, eficientes, ao menos essa teria um pano de fundo cultural – sem cheirar a ylang ylang, se é que vocês nos entendem.

Proporcionalmente, esperamos que os professores das redes municipal e estadual de ensino – os quais tomam no c* tanto ou mais do que uma prostituta – também sejam agraciados com as benesses da copa.

.

Anúncios